Novo formato da Carteira Nacional de Habilitação é apresentado pelo Contran

 

 

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) apresentou essa semana o novo modelo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), que virá no formato de um cartão de plástico, mais resistente que o atual de papel. O cartão virá com um microchip que reunirá informações do motorista, além de ser um modelo que deve reduzir as fraudes e possibilitará a integração com outros países.

As digitais vão ficar carregadas no chip e poderão, por exemplo, validar a identidade em bancos e serviços públicos automaticamente através da identificação biométrica. O dispositivo também vai poder armazenar outros tipos de informações: dados para pagamento de transporte público, como ônibus e metrô e também para pagar pedágio.

O cartão se assemelha a um cartão de débito ou crédito convencional e gravação a laser dos dados do motorista. A mudança para o novo formato será feita até janeiro de 2019, prazo final de adaptação dos Detrans estaduais ao novo modelo.

Quem tiver o documento em papel não será obrigado a fazer a troca, sendo ela realizada apenas na renovação. A antiga CNH continua valendo até a data de vencimento.