Novo diretor-geral da Polícia Federal toma posse

 

 

 

 

 

Essa semana, em Brasília, tomou posse como diretor-geral da Polícia Federal o delegado Fernando Segóvia. A cerimônia foi realizada na sede do Ministério da Justiça e contou com a participação do presidente Michel Temer, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, o ministro da justiça, Torquato Jardim e o ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli.

Segóvia tem formação em direito pela Universidade de Brasília e está há 22 anos na Polícia Federal. Foi superintendente regional no Maranhão e adido policial na África do Sul. Também exerceu funções de inteligência nas fronteiras do Brasil.

Quem deixa o cargo é Leandro Daiello, que estava no comando da instituição desde 2011, e agora se aposentou.

O novo diretor-geral afirmou que a Polícia Federal vai adotar, em 2018, uma agenda especial para combater crimes eleitorais, para garantir a integridade do processo eleitoral e a prevalência da vontade do eleitor. “Combateremos também, com a mesma vitalidade, o crime organizado em todas as suas modalidades, especialmente o tráfico de entorpecentes, armas e munições, bem como crimes ambientais”, declarou.